quarta-feira, 16 de março de 2011

O Diário de Uma Paixão

" Sou um homem comum, com pensamentos comuns e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda minha alma e coração e para mim isso sempre bastou".

Nenhum comentário:

Postar um comentário