quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Quando uma porta da felicidade se fecha,
outra se abre,
mas costumamos ficar
olhando tanto tempo
para a que se fechou
que não vemos a que se abriu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário